Início do Conteúdo

O que fazemos

O Serviço de Medicina Nuclear utiliza, de forma segura, pequenas quantidades de substâncias radioativas para fazer a identificação e o tratamento de várias doenças. O exame realizado para o diagnóstico destas doenças é a cintilografia, que pode ser usada para avaliar problemas do coração, como a doença das coronárias (cintilografia miocárdica), do sistema nervoso (Alzheimer, por exemplo), do sistema urinário (como a obstrução urinária por pedra nos rins) ou do sistema osteomuscular (infecção óssea, por exemplo) entre outros.

 

Recentemente, foi introduzida uma tecnologia denominada PET-CT, que permite diagnosticar e fazer o seguimento de diversos tipos de câncer.

O que nos diferencia

Equipe multidisciplinar treinada para atendimento ao paciente, nas atividades relacionadas à imagem cintilográfica, ao laboratório ergométrico e ao tratamento radioisotópico ambulatorial, e também aos pacientes oncológicos submetidos à tomografia computadorizada por emissão de pósitrons. A Medicina Nuclear lida com muitas especialidades médicas, auxiliando de forma decisiva para o adequado manejo de diversas doenças.

Nossa equipe

Professores:
Bernardo Leão Spiro

Médicos:
Carlos Eduardo Anselmi - chefe do Serviço de Medicina Nuclear
Alice Behling Dias
Flavio Zelmanovitz
Ilza Vasquez de Moraes
Paulo Ricardo Masiero
Renato Duarte Cunha

 

O Serviço conta ainda com a colaboração de técnicos e tecnólogos em Radiologia, enfermeiros, técnicos em enfermagem, bioquímicos, físicos, profissionais administrativos e de manutenção.

Contato

Nome: Serviço de Medicina Nuclear
Local: 2° andar - sala 2290
Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h

 

Telefone: (51) 3359.8331

 

E-mails:
Secretária
: Elaine Lopes dos Santos (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)
Chefia: Carlos Eduardo Anselmi (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)